Coisa Minha

A vida me enganou

É. Fico impressionada como fui enganada de forma tão atroz e surpreendentemente simplória. As pessoas que eu achava perfeitas, além de imperfeitas são corruptíveis também. Aliás como todos nós. E essas mesmas pessoas me aguentaram por 25 anos debaixo do teto delas e foram também elas quem me trouxeram ao mundo.
As outras pessoas não eram tão boazinhas como eu pensava e também não pensavam tão bem de mim como eu supunha. Grande parte dos meus heróis morreram mesmo de overdose ou de Aids. Um triste fim, mas não acredito em fins alegres. Então de todo modo, é sempre triste a morte. Sempre deixa saudades, incertezas e sempre ameniza a visão que se tem daquele que partiu.
Passar no vestibular não me trouxe nenhuma garantia superior. Isso foi apenas um começo de um árduo caminho que se não for trilhado com força e vontade, não leva a lugar nenhum, como um giro de 360 graus, se é que me entendem.
Grande parte das coisas que eu achava terríveis não eram tão terríveis assim, bem como, algumas das que eu achava maravilhosas e incomparáveis, não eram tão encantadoras assim.
Mas numa coisa em especial, eu sou grata à vida e a Deus: a maternidade. Para mim, foi o que de melhor aconteceu pra mim e é como se eu tivesse aparecido cá nesse mundo só para isso. Pena que eu adiei tanto. Ainda dá vontade de ter uma penca, o que me faz entender que a despeito do que muitos acham de mim, talvez eu não seja tão equilibrada assim, mas o barulhinho bom do riso deles e a sonoridade da palavra “mamãe” tantas vezes repetidas por eles, enche de alegria e força um coração que por tantas vezes já foi fragmentado e pisoteado. Filhos são sempre uma benção, alguém já disse e esta é uma sábia frase. Talvez concisa demais. Lacônica. Porém é compreensível. Não dá para explicar, cada um tem sua singularidade. Eles são a melhor forma de compreender essa vida tão cheia de surpresas nem sempre boas. É uma boa maneira de entender que apesar de ter sido tão enganada por ela, tudo valeu a pena. Os enganos certamente são parte de uma trama superior para aprimorar a existência das pessoas. Deve ser isso.

3 comentários em “A vida me enganou

Comente aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s